Uma viagem ao Palácio Foz

Entre as atrações que eu visitei em Lisboa o Palácio Foz foi um dos mais encantadores e surpreendentes.

Com uma arquitetura singular o Palácio Foz ou Palácio Castelo Melhor nos remete ao estilo setecentista, porém o seu interior – remodelado posteriormente – tem uma pegada revivalista em sua decoração, caraterística da segunda metade do século XIX.

01

De um jeito ou de outro o lugar nos leva a conhecer a vida dos marqueses e nos encantar com a sua decoração grandiosa e luxuosa através de suas salas e corredores pomposos.

Um pouquinho de história


Quando o Palácio da Foz começou a ser construído, existia no local um extenso terreno de hortas, sobre as quais em 1755, foi construído o Passeio Público do Rossio, um enorme jardim inaugurado em 1764.

Durante muitos anos, este jardim foi um dos centros de reunião da sociedade lisboeta, sendo demolido em 1879 para a abertura da Avenida da Liberdade.

A história do Palácio Foz extende-se desde meados do século XVIII quando o palácio do 1º Marquês de Castelo Melhor, D. José Vasconcelos Sousa Câmara Faro e Veiga foi destruído no terremoto de 1755, sendo necessario um novo palácio que viria a ser construído na zona ocidental das hortas.

O arquiteto italiano Francisco Xavier Fabri, presidiu às obras até a morte do Marquês, que ficaram suspensas desde então.

Em 1846 a construção foi retomada e em 1858 o Palácio de Castelo Melhor foi inaugurado. Foi só ai que a família Vasconcelos, descendentes do Marquês de Castelo Melhor, abandonaram o antigo e decadente palácio para irem morar lá.

Em 1889 a Marquesa D. Helena de Vasconcelos vendeu o Palácio a Tristão Guedes – o administrador da Companhia Real do Caminho-de-ferro – que viria mais tarde ser entitulado Marquês da Foz, por isso o Palácio passou a ser conhecido posteriormente como Palácio da Foz.

O Marquês chamou os melhores artistas europeus da época para o realizar uma reforma geral no Palácio. Das modificações realizadas, pouco restou do que tinha sido outrora o Palácio de Castelo Melhor, sendo modificado praticamente todo o seu interior, mantendo somente a área externa e a fachada.

Hoje o Palácio Foz é ocupado pelo Instituto de Comunicação Social e por um posto de turismo, recebendo regularemente grupos de turistas de todo o mundo em uma encantadora visita guiada, uma verdadeira viagem no tempo.

Visita Guiada


É possivel visitar os espaços nobres do Palácio Foz, através de agendamento realizado previamente no site da LX SEcret Places (também é possivel ver a genda de visitas através do site).

A visita tem duração de 45min e custa 5€ por pessoa e é em português – de Portugal, é claro.

O guia é bem explicativo mas confesso que não entendia bulhufas do que ele dizia kkkkkk (não estou nada adaptada ao português de Portugal mas ok)  no início eu catava as palavras mas no final eu deixei pra lá e curti a visita.

A visita inicia-se no hall de entrada do palácio – o Átrio, chegando na Galeria através da linda e incrível Escadaria Nobre – sue corrimão é uma minunciosa obra de metal  e o seu esplendor chega a ofuscar as elegantes colunas de mármore e toda a decoração do hall.

04

Ao chegar na Galeria a gente já dá de cara com uma lâmpada suspensa de bronze e cristal biselado com mais de um metro de altura e quase dois e meio de diâmetro além de uma pintura incrível no teto.

05.jpg

Seguimos pela Sala da Lareira e então chegamos ao primeiro lugar de impacto hahaha (e na minha opnião uma das mas belas salas), a Sala dos Espelhos.

O Salão Nobre ou Sala dos Espelhos, esplêndido como nenhum outro no quesito decoração, possui uma área de mais 170m² e uma altura de 14m foi inspirada na sala dos espelhos de Queluz.

Em uma das paredes existem cinco janelas com vista para a Praça dos Restauradores e nas outras paredes há portas de espelho. O teto é decorado por várias pinturas emolduradas.

07.jpg

Ao passar pela Galeria dos Bustos antes de chegar a Sala de Luis XVI, perguntamos de quem são os bustos existentes na galeria mas eles são apenas bustos aleatórios no estilo romano e renascentista.

08.jpg

A Sala Luis XVI é bem menor que a Sala dos Espelhos chegando aos 70m² e 7m de altura.

14

Tá vendo que o guia – esse carinha com blusa florada e cara de mau como se estivesse brigando com alguém? – pois é isso mesmo, ele tava dando brigueiro em uma turista sem noção que tava pisando num tapate com mais de 300 anos – EU.

O detalhe é que eu nem entendi porque ele tava berrando na sala e de repente tava todo mundo me olhando dãaaaaaa. Brasileiro fazendo brasileirice kkkkkk

15.jpg
Esse é o famoso tapete :p

Sala dos Painéis possui dois enormes quadros da escola flamenga do século XVII e mais quatro menores do século XVII.

A sala possui um grande lustre do século XVIII, uma mesa enorme com seis cadeiras, varios sofás e poltronas.

06.jpg

Sala de Jantar é a maior de todas as salas do conjunto, com uma grande porta de vidros – e cortinas enoooormes – que dá para o jardim

10.jpg

A visita foi finalizada no jardim e eu saí de lá cheia de conhecimentos e com o mérito de ter pisado num tapete de mais de 300 anos kkkkk

12.jpg

14.jpg

Até a próxima!!!

 

 

.

Anúncios

10 comentários em “Uma viagem ao Palácio Foz

  1. Nossa que lindo esse Palácio. As visitas guiadas por ele devem ser mesmo incríveis. Adorei os detalhes na construção e na decoração do local.
    Um dia quero conhecer. Obrigado por compartilhar.

    Curtido por 1 pessoa

    1. É sim, bem luxuoso e bem conservado, os detalhes tanto da arquitetura quanto da decoração chamam muita atenção mesmo. Espero que tenha a oportunidade! Obrigada pela leitura!

      Curtir

  2. Que palácio maravilhoso, as fotos estão perfeitas. Eu já fui algumas vezes lá, mas não conhecia, obrigada por compartilhar

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim! Vale a pena colocar no roteiro da próxima vez! Eu que agradeço a leitura 😘😘😘

      Curtir

  3. as fotos ficaram lindas e eu amo muito Portugal e seus preços! 5 euros pra ter visita guiada num lugar lindo assim, é amor hahaha

    Curtido por 1 pessoa

    1. Pois é! Achei muito bom o preço e a visita vale muito a pena! Muito amor msm kkkk

      Curtir

  4. Que lugar lindo e cheio de história! Quero conhecer! Adorei a dica.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito obrigada! É mesmo encantador!

      Curtir

  5. Hahshahhshhshahshahsha o tapete!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário :-)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close